Investir na imagem institucional da empresa e incentivar os colaboradores a participar de ações sociais é algo necessário no mercado atual. Isso porque as empresas começaram a perceber que a concorrência pode ser também minimizada por meio de ações sociais ou seguindo pelas diretrizes da responsabilidade social.

     Sabe-se que a responsabilidade social é um conjunto de ações e/ou estratégias que uma determinada empresa executa com o objetivo de compensar a sociedade por ter cometido alguma infração contra a mesma. Essas ações podem ser projetos sociais, ações sociais ou até mesmo patrocínios a eventos públicos. Em outras palavras, a empresa está querendo se desculpar por ter cometido algum tipo de agressão à sociedade.

     Todavia, para que uma empresa desenvolva sua responsabilidade social nem sempre é preciso que ela agrida para que depois compense.  Criar ações sociais tornou-se sinônimo de crescimento e desenvolvimento, pois esse tipo de iniciativa não só valoriza os funcionários como também a pertinência da própria empresa diante da sociedade, além de contribuir para manter sua visibilidade de forma positiva.

     20130414_091411 2É esse tipo de responsabilidade social que o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP vem empenhando-se em prestar para a sociedade. O EquoibrappEcoibrapp, Natal Eu Acredito e Blitz da Saúde são exemplos de ações sociais que o Instituto elabora e executa em seu plano de responsabilidade social, pois o IBRAPP acredita que o mercado de trabalho é algo que vai além da mera concorrência entre empresas. Antes, é um cenário onde empregador, empregados e a sociedade civil estabelecem relações (responsabilidade social) de credibilidade onde estas são refletidas por meio das ações que uma determinada empresa executa.