Jovem é violentada após marcar encontro pelo whatsapp

             Uma jovem de 27 anos alega ter sido violentada após marcar encontro com um rapaz em São Luis. O caso de acordo com a vítima teria acontecido após os dois passarem alguns dias conversando por meio do aplicativo whatsapp. Ainda de acordo com a jovem, o rapaz que supostamente se chama William se apresentou como um homem de bem, boa índole, boa conversa, inteligente e muito bem apessoado. “Ele é muito galanteador, bonito e atraente, mas eu ficava sempre com o pé atrás em ir ao encontro dele porque sempre insistia em me levar ou para sua casa ou o apartamento de algum amigo”, afirma.

            ccccccA jovem meio constrangida diz que só aceitou o convite dele, após ver o facebook do acusado e constatar que se tratava de um soldado do exército. “Quando vi as fotos e percebi que se tratava de um militar não duvidei que fosse um mau caráter, ou pelo ao menos que tivesse essa intenção e acabei aceitando o convite de ir conhecê-lo no bairro do Olho d’água no apartamento onde ele estava no momento”, enfatiza.

            O crime aconteceu, ainda de acordo com a vítima após uma breve discussão onde William teria se recusado em ir deixar a jovem de volta em casa já que a mesma teria se recusado a transar com ele. “Após discutir eu disse que ia embora porque estava ficando tarde, quando então tentei sair ele me puxou e começou a me agredir e logo depois me ameaçou dizendo que se eu não colaborasse ele me matava”, confessa.

            Após a consumação do estupro William teria trancado a vítima no quarto e se evadido do local e só horas depois a jovem conseguiria arrombar a fechadura e fugir do apartamento. A polícia vai investigar o caso e nas ultimas horas está realizando excursões pela cidade à procura do acusado para prestar depoimento.