Movimentos sociais LGBT+ do Maranhão se reuniram na noite de ontem ( 15.08) em São Luis, junto com o grupo Gayvota para exporem suas demandas e deliberações no que tange a Organização da 16ª Parada LGBT+ de São Luis.  Instituições como a AMATRA (Associação Maranhense de Travestis e Transexuais), ABRAFH (Associação Brasileira de famílias Homotransafetivas), APROSMA (Associação de profissionais do sexo do Maranhão), UNILGBT e o Conselho Estadual LGBT+ do Maranhão apresentaram seu parecer sobre a estrutura organizacional do evento e na oportunidade pleitearam maior visibilidade e espaços de fala durante o evento para que todos os segmentos da comunidade LGBT+ fosse contemplada. Além disso, as instituições também puderam ter a oportunidade de se verem inseridas como membros da própria organização do evento já que uma das medidas tomadas após a reunião foi a criação de uma comissão dos movimentos sociais LGBT+ do Maranhão.

Durante a reunião foi debatida também estratégias para se manter a transparência de todas as ações tomadas para a construção do evento bem como todas as sugestões sobre a organização do evento foram encaminhadas para a direção do Grupo Gayvota, que há 16 anos vem promovendo a Parada LGBT+ de São Luís.  Outro assunto abordado durante a reunião foi a disparidade de prévias não autorizadas da Parada LGBT+ de São Luís. De acordo com Ricardo Lima, presidente do grupo Gayvota, esses tipos de eventos não colaboram em nada para a própria realização da Parada LGBT+ porque são produzidos por pessoas que não possuem nenhum vínculo com o grupo Gayvota e que visam interesses próprios, além de lucros que vão muito além dos direitos de pessoas LGBT+. No fim da reunião todas as instituições se comprometeram assinar um manifesto declarando total apoio para que as prévias da Parada LGBT+ de São Luís sejam realizadas apenas consoante autorização do grupo Gayvota.

A data para a parada LGBT+ de São Luis está prevista para o dia 20 de outubro, na avenida Beira Mar com concentração às 16h00 nas imediações do Convento das Mercês.