Josivaldo, autônomo, encontrado morto com o crânio estourado a golpes de martelo.

Após dois meses do assassinato de Josivaldo Mendes Marques (35 anos), o principal suspeito do crime, ainda não foi localizado pela polícia, causando grande descontentamento para a família da vítima que mesmo enlutada, não se cansa de pedir por justiça. De acordo com a Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoa, a linha de investigação do crime é latrocínio porque após o assassinato foi levado de sua residência uma televisão e outros pertences. O crime chocou a comunidade da Vila Palmeira, não só por que Josivaldo era muito popular , mas também pela brutalidade como foi assassinado.

Entenda o caso.


O corpo de Josivaldo Mendes Marques, foi encontrado na noite de 25 de junho dentro de sua própria residência no bairro da Vila Palmeira, após ter sido assassinado com diversas marteladas na cabeça. O corpo de Josivaldo foi encontrado por seu amigo Daniel que, após sentir sua falta, resolveu ir procurá-lo nessa noite.

De acordo com as investigações da policia houve luta corporal e Josivaldo acabou morrendo com 3 golpes de martelo na cabeça. O assassino  após constatar que Josivaldo estava morto,  ao se evadir da cena do crime, roubou um aparelho de televisão e acabou deixando cair um cartão de transporte e outros documentos. Segundo alguns populares  ainda chegaram a ouvir os gritos de agonia de Josivaldo, mas também disseram que ficaram confusos se eram de uma pessoa ou o som de uma televisão.


Josimar, suspeito do assassinato de Josivaldo a golpes de martelos na cabeça.

O fato é que após dois meses a comunidade da Vila Palmeira e a família de Josivaldo ainda espera pela elucidação desse crime, pois um dos principais suspeitos já foi identificado, mas continua foragido. Trata-se de um homem conhecido como Josimar, já conhecido na comunidade e que é usuário de drogas e supostamente amigo de Josivaldo. Muitas testemunhas alegam ter visto Josimar na companhia de Josivaldo momentos antes de seu assassinato.Ainda de acordo com as testemunhas os dois estavam bebendo juntos em um bar e também foram vistos juntos caminhando na direção da casa de Josivaldo. O Circuito de câmeras de segurança que se encontram nas imediações do local do crime também estão sendo analisados, mas todas essas circunstancias tem apontado Josimar como o principal suspeito.

Apesar da confiança que a família e amigos de Josivaldo tem depositado nas investigações da policia, o sentimento de injustiça tem não só incomodado a muitos, mas também o de insegurança, já que alguns amigos próximos da vítima alegam ter visto Josimar andando nas imediações da Forquinha e na própria cracolândia que existe no João Paulo, o que comprova que mesmo ele sendo o principal suspeito do assassinato de Josivaldo ainda se quer foi intimado para prestar depoimento.